Fenasoja

PORTAL OFICIAL DA IMPRENSA

Cultura
02 de Maio de 2018

Festival de Pratos de Soja reúne 36 municípios da Fronteira Noroeste e Missões

A diversidade do uso da soja na alimentação humana esteve representada no Festival de Pratos de Soja, realizado nesta quarta-feira (02/05), na Feira Nacional da Soja (Fenasoja 2018). O evento reuniu lideranças, extensionistas e assistidos da Emater/RS-Ascar de 36 municípios da Fronteira Noroeste e Missões, no centro administrativo do Parque de Exposições de Santa Rosa. 

O Festival promovido pela Emater/RS-Ascar, com o apoio da Coopermil e das Prefeituras dos municípios participantes, já é um marco da Fenasoja, em um contexto de estímulo ao uso diversificado e saudável da soja na alimentação humana. O evento, coordenado pela Comissão de Agricultura, Soja e Derivados, reuniu 72 pratos doces e salgados que revelam a cultura diversificada dos povos que colonizaram a região. ?Nossa proposta é valorizar o uso diversificado da soja, que é importante fonte de proteína, com propriedades nutricionais que atuam na promoção da saúde. Para realizar este Festival contamos com o apoio de extensionistas, grupos organizados de mulheres, Administrações Municipais e agricultores de diferentes pontos da região, aos quais fica nosso agradecimento?, destacou o presidente da Comissão de Agricultura, Soja e Derivados, Gilmar Francisco Vione. O presidente da Coopermil, Joel Capeletti, também destacou a importância da soja no aperfeiçoamento da alimentação do cotidiano, do ponto de vista da saúde. 

O gerente regional da Emater/RS-Ascar, Ademir Renato Nedel, destacou que além do Festival, outra iniciativa que busca qualificar e diversificar o uso da soja na alimentação humana é a realização das oficinas culinárias de pratos de soja, diariamente, às 10h e às 15h, na Cozinha Experimental, durante a Fenasoja.

Ao observar a diversidade de pratos presentes no evento, o presidente da Fenasoja 2018, Alexandre Maronez, declarou que ?além do brilho no olho, presente no slogan da feira, pode-se falar em água na boca, diante da avançada gastronomia vinda de diversos municípios da região?. O prefeito de Santa Rosa, Alcides Vicini, afirmou que a realização do Festival está inserida no contexto de diversidade de atrações da feira, que contempla diferentes setores, representando também a capacidade de voluntários se doarem para que os diversos atrativos aconteçam com sucesso. 

O Festival Regional de Pratos de Soja tem como objetivos valorizar a soja produzida pela agricultura familiar que faz parte da cultura regional; incentivar a divulgação do consumo de soja de forma prática, saudável, complementar e diversificada na alimentação humana; realizar um trabalho educativo para a produção de soja orgânica, principalmente contra o uso abusivo e indiscriminado dos biocidas; mobilizar a região para o Festival, estimulando a criatividade e valorizando as receitas preparadas diariamente pelas agricultoras; unir a cultura da soja com as características e a história dos municípios da região; ser um atrativo e referencial da Fenasoja, culminando com o trabalho educativo desenvolvido pelas equipes municipais da Emater da região; disponibilizar ao público as receitas desenvolvidas pelas participantes do Festival.

Estiveram representados no Festival, os municípios de Alecrim (doce de soja e bife de soja); Boa Vista do Buricá (rapadura de amendoim com soja, e bolo salgado com soja); Bossoroca ( mousse de morango e soja e panqueca de soja); Campina das Missões (bolo de limão com soja e panqueca com derivados de soja; Cândido Godói (nega maluca de soja e pizza de soja), Cerro Largo (pudim gelado de soja e o bolo salgado de soja); Dezesseis de Novembro (sorvete de soja e empadão de soja); Eugênio de Castro (beijinho de soja e torta de liquidificador de soja); Garruchos (bolo de farinha de soja e croquete de soja); Giruá (pudim gelado e barquete de soja com butiá); Guarani das Missões (torta pierogi e pastel assado);  Horizontina (casadinho de soja e pizza colorida); Independência (bolo de cenoura com soja e pastel com proteína de soja); Nova Candelária (torta de soja com pêssego e croquete de carne e soja); Novo Machado (bolo com recheio de goiabada e empadão com resíduos e maionese de soja); Porto Lucena (bolo de soja com laranja e pastelão de soja); Porto Mauá (bolacha casadinha de soja e pastel de soja frito); Porto Vera Cruz (bolo nutritivo de soja, banana, mel e açúcar mascavo e palito crocante de soja com queijo); Porto Xavier (palha italiana e strogonoff de soja); Roque Gonzales (pé de moleque de proteína de soja e bolinho de carne com soja); Salvador das Missões (bolo de soja com cenoura e pastel de soja); Santa Rosa (bolo de frutas com proteína de soja e empadas de soja); Santo Ângelo (ambrosia de soja e o mix de cereais); Santo Antônio das Missões (bolo de banana com soja e pizza santo-angelense); Santo Cristo (rocambole de soja e empadão de soja); São José do Inhacorá (nega maluca com farelo de soja e pastel assado de farelo e proteína de soja); São Luiz Gonzaga (pudim de extrato (leite) de soja e salada de soja); São Paulo das Missões (bolo de cenoura com soja e bolinho de soja); São Pedro do Butiá ( bolo dama da noite e croquetes de proteína de soja); Senador Salgado Filho (bolacha de manteiga com soja e biscoito salgado de soja); Sete de Setembro (torta Miss Leidi e torta salgada de liquidificador); Três de Maio (cuca de farofa e pastel de forno); Tucunduva (calça virada com leite de soja e bolinho de resíduo de soja); Tuparendi (cuca de soja e croquete de soja); Ubiretama (biscoitinhos de soja e tortinha de soja quero mais) e Vitória das Missões (cuca italiana de soja e torta salgada de soja). 

O representante da Agência GH, Tiago Denardin, apresentou a forma de acesso ao livro com as receitas participantes do Festival. O e-book está disponível no site da feira, podendo ser acessado pelo endereço www.fenasoja.com.br.

Fique informado de tudo!

Todas as novidades no seu e-mail.