Fenasoja

PORTAL OFICIAL DA IMPRENSA

Cultura
29 de Abril de 2018

Etnias realizaram caminhada pela paz durante a Fenasoja 2018

Na tarde de domingo, 29, teve desfile das etnias no parque de exposições. Com faixas que pedem a paz entre os povos, russos, alemães, poloneses, italianos, afros e árabes, estavam irmanados em mais um gesto de união.


Entre soberanas das casas étnicas de Santa Rosa e região, estavam também os grupos de danças folclóricas das respectivas casas:  "Temos que agradecer a Fenosoja por realizar esse desfile. A caminhada pela paz é uma demonstração de apreço e carinho por todas as etnias", relata Jacinto Anatólio Zabolotsky, representante da etnia Russa de Campina das Missões.


"Participar da Etnia Afro é muito bom. O desfile das etnias proporciona integração. Aqui estão todas reunidas, por isso um evento desse deve ser exaltado", fala o jovem integrante da Etnia Afro de Santa Rosa, José Felipe Seelend.


"Viemos notando o crescimento das casas étnicas. A Fenasoja está consagrando essa união entre as etnias da cidade e região, assim como a interação das etnias com a população", relata Vilso Cembranel, presidente da Etnia Italiana de Santa Rosa.


Já Abdul Nasser, da Etnia Árabe comenta que se sente honrado em ter sido o incentivador dos desfiles étnicos. "A Fenasoja tem tudo a ver com a Festa das Etnias, a qual iniciou dentro da Fenasoja. O mundo está cheio de conflitos, guerras, visões radicais, onde jamais devemos esquecer disso, a partir da paz. As diferenças não podem nos separar, devem nos unir. O Brasil é o que é devido as etnias", comenta.


"Estou participando de todo esse movimento desde o início da Etnia Polonesa e é uma honra que a Praça das Nações esteja cada vez maior através das casas étnicas. E essa união é muito sadia", relatou Raul Jaaskulski, integrante da Etnia Polonesa.


"Que o desfile continue cada vez mais forte e alegre em todas as edições da Fenasoja. A caminhada que as etnias realizam é pela paz, e que então seja para vir a agregar na paz entre os povos", emocionada comenta Leoní Kukpe, participante da Etnia Alemã.


"Para nós da etnia Portuguesa que nascemos há praticamente sete meses, estamos participando de mais uma atividade em nome da casa étnica e observando a organização das demais casas. Onde nossa meta e objetivo é fazer essa grande harmonia entre as etnias na região da Grande Santa Rosa", explica o presidente da Etnia Portuguesa de Santa Rosa, Valdemar Fonseca.


Quem assistiu, emocionou-se.  Um gesto de paz, respeito e integração que merece destaque. 

Fique informado de tudo!

Todas as novidades no seu e-mail.