Fenasoja

PORTAL OFICIAL DA IMPRENSA

Cultura
29 de Abril de 2018

12 músicas abrilhantaram a segunda noite de Musicanto

Na noite Luis Carlos Borges apresentou seu show ao lado do argentino Franco Luciani.


 

A segunda noite de Musicanto iniciou com cantores locais, no show Prata da Casa. Um antigo projeto do SESC que enaltecia vários ritmos musicais e atualmente foi resgatado para que canções do Musicanto fossem interpretadas pelos músicos locais.


Ademar Pereira, Patrícia Prestes, Edson Motta Prestes (Edinho), Nídia Engel,  Emerson Maicá e Bugra que finalizou cantando "No Sangue da Terra Nada Guarani", e em coro o público demonstrou todo o carinho pela música vencedora da 1ª edição do Musicanto, "É sempre uma honra participar e representar a cidade. É ótima revisitar essas composições previamente apresentadas que concorreram e que contam a história do Musicanto", relata Patrícia Prestes.


A cantora  Nídia Engel sente-se honrada e com grande responsabilidade em abrir a segunda noite de Festival, "São músicas lindas. Cada pessoa se identifica de alguma forma. Temos que dar o melhor de si nessa hora".


Com excelentes canções, os cinco jurados possuem um desafio difícil: escolher a melhor música na categoria instrumental e livre, além da música mais popular, com melhor arranjo, intérprete, letra, instrumental e melodia. Para a jurada Maria Luiza Benitez a comissão do Musicanto fez ótimas escolhas, "A mistura dos ritmos é fundamental, juntar o Brasil com a América Latina é de suma importância". Ela ainda ressalta o quanto a escolha vai ser intensa, "São grandes intérpretes, compositores e instrumentistas, e a dificuldade se torna muito grande", acrescenta.


O Festival está sendo bem disputado entre os participantes. As 12 canções apresentadas na noite deste sábado, 28, vieram dos estados de Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina, além da Argentina. Desde criança, a paulista Iara Ungarelli possui um amor pela música. Participante do primeiro Musicanto, Iara gostou muito do evento, "A expectativa para o Festival estava enorme. Apreciamos muito o Musicanto que recebeu belas apresentações", comenta.


O coordenador do Musicanto 2018, Fernando Keiber, está com o sentido de dever cumprido, "Na segunda noite, recebemos os cantores dos lugares mais longe. Todas as músicas são muito distintas de estilo e gênero, mas em beleza são iguais", expressa.


Após a apresentação das canções da segunda noite de Musicanto, o público pôde prestigiar o show do músico instrumentista Luiz Carlos Borges, juntamente com o quinteto de músicos da capital do Estado. Borges dividiu o palco com o argentino  Franco Luciani.

Fique informado de tudo!

Todas as novidades no seu e-mail.